Ministro Ten Brig Ar Jorge José de Carvalho

 
 
282-jorge

 

 

 

DADOS BIOGRÁFICOS

Nascimento – Em 08 de julho de 1927, Rio de Janeiro – RJ.

Filiação – José Bessa Alfredo de Carvalho e Helena Evangelista de Carvalho.

Faleceu no Rio de Janeiro, no dia 06 de maio de 2016.

Casado com Therezinha Mayworm de Carvalho. Teve quatro filhos.

Formação e atividades principais:
Sentou praça em 04 de abril de 1944. Declarado Aspirante-a-Oficial em 21 de dezembro de 1946. Promovido a Segundo-Tenente em 25 de julho de 1947, alcançando o posto de Primeiro-Tenente em 05 de outubro de 1950 e de Capitão em 26 de dezembro de 1952; Major em 20 de janeiro de 1959 e Tenente-Coronel em 23 de outubro de 1964. Tendo passado pela antiga Escola de Aeronáutica - atual Academia da Força Aérea - pela Escola de Especialistas e pela Escola de Oficiais Especialistas. Galgou todos os degraus: desde Instrutor e Monitor, Chefe de Divisão de Ensino, Comandante de Corpo de Alunos e Subcomandante. Já no posto de Coronel, promovido em 23 de outubro de 1969, foi Chefe do Departamento de Ensino da ECEMAR, a mais avançada Escola das Forças Armadas; Brigadeiro em 25 de novembro de 1977; Major-Brigadeiro em 31 de março de 1981. Foi Comandante do Centro de Instrução Especializada da Aeronáutica, e, finalmente, já no posto de Tenente-Brigadeiro em 31 de julho de 1984, teve a oportunidade de dirigir o Departamento-Geral de Ensino da Aeronáutica. Exerceu, também, com eficiência, as funções de Adido da Aeronáutica junto à Embaixada do Brasil no Panamá. Foi, ainda, Vice-Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica; Presidente da Comissão de Estudos Relativos à Navegação Aérea Internacional – CERNAI, Comandante do Terceiro Comando Aéreo Regional, Diretor-Geral do Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento da Aeronáutica e, por último, Comandante do Comando-Geral do Pessoal da Aeronáutica, de onde se despediu para assumir o cargo de Ministro do Superior Tribunal Militar.

Condecorações - Recebeu em sua vida profissional mais de quarenta e seis elogios, além de inúmeras condecorações nacionais e estrangeiras, dentre elas: Medalha Militar de ouro - Passador de Platina; Medalha Mérito Santos Dumont; Medalha Mérito Tamandaré; Oficial da Ordem do Mérito Nacional; Ordem do Mérito Aeronáutico - Grã-Cruz; Ordem do Mérito Naval - Grande Oficial; Ordem do Mérito Judiciário Militar - Grã-Cruz; Ordem do Mérito Militar - Comendador Mérito Coronel Assunção; Medalha do Mérito Militar de Portugal; Piloto Aviador Militar Ad Honorem do Panamá; Mérito Militar - 2ª Classe de Portugal; Ofecial da Legion al Mérito (SICOFAA);

Atividades no STM - Nomeado Ministro do Superior Tribunal Militar, por decreto de 04 de dezembro de 1986, publicado no Diário Oficial do dia seguinte; tomou posse em 17 do mesmo mês e ano.
Com base nos §§ 2º e 4º, do art. 5º do Regimento Interno, como ministro militar mais antigo, assumiu o cargo de Vice-Presidente em 14 de dezembro de 1996, para completar o mandato previsto para encerrar-se em março de 1997.

Comissões - Elaboração Normas de Cerimonial Interno do STM (1987); Modificações ao Código de Processo Penal Militar (1989); Alteração do art. 9º do Código Penal Militar (1989); Normas de Cerimonial Interno (1989); Regimento Interno (1995/96); Conselho de Administração (1997).

Discursos proferidos - Posse do Ministro Tenente-Brigadeiro-do-Ar Sérgio Xavier Ferolla; Dia do Exército (1997).

Aposentou-se, a partir de 09 de julho de 1997, por implemento de idade, conforme decreto de 08, publicado no Diário Oficial, Seção 2, de 09, tudo do mesmo mês e ano.

Faleceu no Rio de Janeiro, no dia 06 de maio de 2016.

 

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA

SUPERIOR TRIBUNAL MILITAR. Diretoria de Documentação e Divulgação (Org.). Coletânea de Informações: Jorge José de Carvalho. Brasília: DIDOC, Museu, 2007

Última modificação em Segunda, 09 Maio 2016 14:38
Mais nesta categoria