Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Publicações Notícias Notícias de 2010 Auditoria Militar de São Paulo inaugura nova sede

Auditoria Militar de São Paulo inaugura nova sede

Quarta-feira, 16 de junho de 2010

Brasília, 16 de junho de 2010 - A Justiça Militar da União, em São Paulo (SP), irá inaugurar as instalações de sua nova sede nesta quinta-feira (17), às 15h30. Duas Auditorias e mais uma Diretoria do Foro ocuparão o prédio do antigo Palácio da Imprensa, onde a partir de 1939 funcionou o jornal “A Gazeta”, do jornalista Cásper Líbero.

A 2ª Circunscrição Judiciária Militar (CJM), com jurisdição sobre todo o estado de São Paulo, funcionava, desde 1938, na Avenida Brigadeiro Luiz Antonio, nº 1249, no bairro da Bela Vista. Com a necessidade de instalações mais adequadas para desenvolver as suas atividades, a Justiça Militar adquiriu, em 2007, o prédio localizado no centro da capital paulista, na Avenida Cásper Líbero, nº 88.

O imóvel passou por uma ampla reforma no período compreendido entre dezembro de 2008 e maio de 2010. “O prédio foi projetado para o futuro, com quatro plenários, sendo que todos os juízes poderão realizar audiências independentemente, sem a necessidade de esperar o colega finalizar o seu trabalho”, avalia a juíza-auditora e diretora do Foro da 2ª CJM, Telma Angélica Figueiredo. “É a realização de um ideal de mais de três décadas de nossos juízes-auditores.”

A obra preservou a estrutura da fachada original e um de seus principais tesouros: a pintura de cerca de oito metros de comprimento, de autoria do artista italiano Fulvio Pennachi. O afresco, que data de 1939, está localizado na entrada da nova sede e retrata a história da imprensa.

A solenidade de inauguração será conduzida pelo presidente do Superior Tribunal Militar (STM), o ministro Carlos Alberto Marques Soares, e pela juíza-auditora Telma Angélica Figueiredo. Também estarão presentes ministros do STM, juízes-auditores da Justiça Militar da União e representantes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

Ações do documento
registrado em:

Comunicados